Capacitação teve início nesta quarta-feira (24) e segue até sexta-feira (26), em Florianópolis

Florianópolis, 24.9.2014 - As ações tomadas pelos executivos passam por toda a empresa e fazem com que a mudança de mentalidade efetivamente aconteça. A afirmação é de Paulo Mól Júnior, superintendente do IEL Nacional, na abertura da terceira edição do Programa Internacional de Educação Executiva promovido pelo IEL Santa Catarina, entidade da FIESC. A capacitação teve início nesta quarta-feira (24) e segue até sexta-feira (26), em Florianópolis. O programa é ministrado por professores da Steinbeis School of International Business and Entrepreneurship, de Berlin, e tem como participantes 56 empresários e executivos de companhias brasileiras.

"Na Alemanha existem muitos exemplos de indústrias que logram e  que mantém o foco em inovação como fator de diferenciação. Esperamos que os participantes voltem para as suas empresas com novos conhecimentos que possam ajudá-las na busca por ganhos de mercado e de competitividade", afirmou Natalino Uggioni, superintendente do IEL em Santa Catarina.

Na definição do conceito de inovação, os professores destacaram que não há uma fórmula pronta para a sua implementação nas indústrias e que, muitas vezes, é preciso continuar investindo mesmo que não se visualize a aplicabilidade de um novo conhecimento. "As vezes o que vemos é apenas uma peça do quebra-cabeças, mas é preciso continuar a desenvolver as outras peças para visualizar todo o cenário", afirmou Bernard Krusche, da Steinbeis.

Também foi destacado que nem sempre o produto mais bonito, tecnicamente melhor, é o que obtém sucesso de mercado. "Aceitação é chave para a inovação. Às vezes as empresas gastam muitos recursos e tempo na busca pela melhor solução e outras obtêm sucesso com produtos não tão fantásticos, mas que satisfazem o consumidor. A solução que é aceita por muitas pessoas é a bem sucedida", defendeu Krusche.

Além de trabalhar com conceitos de inovação, o programa aborda tópicos como a identificação sistêmica de oportunidades futuras de inovação, o papel da liderança na gestão da inovação e a agilidade na implementação de inovações na organização. A dinâmica do curso inclui ambiente de aprendizagem colaborativa, utilizando cases reais das empresas participantes.


Fábio Almeida
Assessoria de Imprensa da FIESC
48 3231-4674 | 48 9981-4642
fabio.almeida@fiescnet.com.br

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco