Programa de estágio corretamente implementado é fundamental para que a empresa atinja suas visões de futuro

Joinville, 28.8.2014 - Um programa de estágio corretamente implementado é fundamental para que a empresa atinja suas visões de futuro, formando profissionais e trazendo inovação para as companhias. Estas são algumas das conclusões dos especialistas reunidos em Joinville nesta quinta-feira (28) para o IV Encontro Estadual de Estágio. No evento também foram conhecidas as empresas e estagiários vencedores da etapa estadual do Prêmio IEL Melhores Práticas de Estágio 2014. Promovido pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL), entidade da FIESC, o concurso premiou as melhores práticas de gestão de estágio em Santa Catarina, nas categorias pequeno, médio e grande portes.

O superintendente do IEL em Santa Catarina, Natalino Uggioni, destacou que esta já é a nona edição do prêmio. "Ano a ano as empresas vêm participando. O estudante que vê uma organização premiada quer fazer estágio lá. Se a empresa não ganhar o prêmio, recebe um relatório em que são apontadas as boas práticas e onde há espaço para melhoria", afirmou Uggioni.

Em sua palestra, a psicóloga especializada Inez Robert abordou diversos aspectos práticos do tema. Ela detalhou a lei que regulamenta a modalidade de contratação e deu dicas de gerenciamento de programas de estágio. "São pequenos detalhes que podem pôr a perder um programa estratégico para as empresas, principalmente em tempos de escassez de mão de obra qualificada", afirmou Inez.

"Atualmente, 95% dos funcionários das áreas de engenharia e de chefia de fábrica da Granaço iniciaram na empresa como estagiários. O programa de estágio é fundamental para a qualificação de nossos profissionais", revelou Evair Oenning, vice-presidente da FIESC para a região Norte-Nordeste e diretor da Granaço Fundição e Usinagem.

Premiados - Os vencedores da etapa estadual do Prêmio IEL Melhores Práticas de Estágio 2014 foram:
Categoria Pequeno Porte - Khomp (primeiro lugar) e Matriztec (segundo lugar);
Categoria Médio Porte - Fábio Perini Ltda. (primeiro lugar), Sebrae/SC (segundo lugar) e Rio Deserto (terceiro lugar);
Categoria Grande Porte - Coteminas (primeiro lugar), Rigesa (segundo lugar) e Grupo H. Carlos Schneider (terceiro lugar);
Categoria Sistema Indústria - Senai Florianópolis.

Prêmio - Em todas as oito edições anteriores da etapa nacional, empresas de Santa Catarina estiveram entre as premiadas. Em 2012, a Coteminas de Blumenau foi reconhecida nas etapas estadual e nacional, assim como a Portobello e o Instituto de Estudos Avançados em 2013. Para a realização do prêmio, o IEL tem como parceiro, desde a primeira edição, o Fórum de Estágio de Santa Catarina, formado por instituições de ensino.

Educação - O reconhecimento faz parte das ações do Movimento A Indústria pela Educação. Lançada pela FIESC em 2012, a iniciativa contribui para superar a fragilidade da educação nos aspectos relacionados à escolaridade, à qualificação profissional e à qualidade do ensino e colaborar com o desenvolvimento industrial diante dos desafios impostos no contexto da economia do conhecimento. O estágio é considerado é um ato educativo, sendo uma importante etapa na formação dos futuros profissionais.


Fábio Almeida
Assessoria de Imprensa da FIESC
48 3231-4674 | 48 9981-4642
fabio.almeida@fiescnet.com.br

Entre em contato

Tire dúvidas, envie sugestões e reclamações

Fale conosco